Lasers

Laser em oftalmologia

A Oftalmologia é uma das disciplinas médicas na qual o laser tem varias aplicações, tanto diagnósticas como terapêuticas.

A interação do laser com os tecidos biológico é um fenômeno complexo, geralmente classificado como: eletromecânico, fotoablativo, térmico ou fotoquímico. Os parâmetros dos lasers determinam o tipo de ação.

Em conseqüência, usamos os lasers para realizar fotocoagulação, fotoablação ou fotodisrupção.

Fotocoagulação: Lasers de baixa potência produzem uma cauterizaçãop controlada do tecido específico, como o laser Argônio, que tem como aplicações o tratamento da retinopatia diabética, aonde  o Laser realiza a fotocoagulação  das áreas de isquemia na forma pre-proliferativa da doença, reduzindo o risco de sangramento dos neo-vasos e impedindo a evolução para forma proliferativa da doença.

O laser Argônio é indicado também para tratamento das rupturas/ deiscências da retina, nas sequelas de oclusões vasculares da retina,  angiomas  retineanos, etc.

Fotoablação: lasers de potencia intermediária quebram as ligações moleculares, evaporando o tecido. É o caso do Laser Argônio- Flúor: Excimer laser, que absorvido pela córnea, modifica a superfície anterior e corrige miopia, hipermetropia e astigmatismo.

Fotodisrupção:
1- O YAG- Laser de alta potencia pode ionizar o tecido, romper os átomos e os converter em plasma.

Na Iridotomia ao  ND-YAG,O laser realiza uma pequena abertura  na base da íris constituindo uma via de evacuação do humor aquoso em direção ao trabéculo, nos glaucomas a ângulo estreito e agudo, contribuindo assim ao controle da pressão intra-ocular.

Na catarata secundaria, o laser ND_YAG é usado para a  realização da capsulotomia posterior ou disrupção em caso de opacificação capsular secundária a cirurgia de catarata, ocorrendo alguns anos após a cirurgia. A capsulotomia promove a liberação  do eixo óptico e a  recuperação  da visão central.

Na Trabeculoplastia seletiva ao ND-YAG, (Alternativa eficaz no tratamento do glaucoma crônico), O laser ND-YAG ativa células trabeculares para aumentar a permeabilidade ao humor aquoso. A eficácia do procedimento equivale ao uso de colírio de prostaglandinas em monoterapia.

2- O Laser fentosegundo, exerce também efeito fotodisruptivo sobre os tecidos, leva a formação de bolhas de cavitação com possibilidade de criar vários planos de disrupção. Temos no momento três aplicações possíveis para este Laser: Na cirurgia refrativa para fabricação do flap, ceratotomias arqueadas, tunelisação estromal para colocação dos anéis intra-corneanos. O Laser fentosegundos é o laser usado na realização de alguns passos da cirurgia da catarata e nos transplantes de córnea penetrantes ou lamelares.

O tratamento a Laser é ambulatorial, com anestesia local tópica(colírio).

Nosso Endereço

Rua Padre João Manoel, 450, Cj 16 - CEP: 01411 000 - Jardins - Metrô Consolação